(REFLEXÃO)

O AMOR NÃO SEJA FINGIDO!

"O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.". (Romanos 12.9-10).

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Objetivo na Oração

Tiago5:16


“...a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”.


“A objetividade é a mira da oração.
Muitas vezes fico impressionado com a falta de objetividade exibida nas reuniões de oração. Muitas orações são tão longas quanto vagas, tão religiosas quanto místicas e tão grandes como incrédulas.
Como podemos definir uma oração sem objetividade?
Uma oração sem objetividade é aquela que não temos como avaliar seu resultado.
A oração do justo envolve motivos específicos e acarreta efeitos e respostas inquestionáveis.
São tiros executados sob a orientação precisa de uma mira.
A objetividade na oração evidencia o exercício da fé. Orações vagas e abrangentes atestam nossa religiosidade. Tentamos impressionar, mas no fundo não estamos crendo naquilo que estamos orando.
Jesus não divagava na oração, ele tinha intimidade com aquelas responsabilidades prioritárias. Sabia onde queria chegar. Suas orações possuíam um foco nítido.
Quando falamos de responsabilidades prioritárias estamos falando principalmente de orar pelas pessoas e pela visão que Deus diretamente tem nos confiado.
Precisamos saber com responsabilidade “quem” e “o que” Deus nos tem confiado.
Se você não sabe as pessoas que Deus têm te confiado, você precisa descobrir, e começar a cobrir estas pessoas em oração.
Independentemente de uma posição de liderança, precisamos aprender a orar por aqueles que são de Deus e que ele nos deu.
Aquelas pessoas que compõe o propósito específico de Deus para o qual devemos viver.
Não fuja desta responsabilidade objetiva. Não diga como Caim: “...sou eu guardador do meu irmão?”(Gn4:9).Deus sempre confia pessoas a pessoas."



Deus Abençoe a Todos!
Jailton Brito

Um comentário:

******************** Renato Cunha disse...

Meu amdo irmão que a Graça e a Paz do nosso Senhor Jesus esteja sobre você e seu ministério!
Já estou seguindo o teu blog e sempre que puder vou voltar para receber minha benção.

DROGAS NÃO!!

“...A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; quanto à perversidade do perverso, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua perversidade; nem o justo pela justiça poderá viver no dia em que pecar.

Quando eu disser ao justo que, certamente, viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar iniquidade, não me virão à memória todas as suas justiças, mas na sua iniquidade, que pratica, ele morrerá.

Quando eu também disser ao perverso: Certamente, morrerás; se ele se converter do seu pecado, e fizer juízo e justiça, e restituir esse perverso o penhor, e pagar o furtado, e andar nos estatutos da vida, e não praticar iniquidade, certamente, viverá; não morrerá. De todos os seus pecados que cometeu não se fará memória contra ele; juízo e justiça fez; certamente, viverá.”Ezequiel 33:12-16